A ESTIMULAÇÃO COGNTIVA COMO RECURSO TERAPÊUTICO OCUPACIONAL NO TRATAMENTO DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

  • Waléria Cristina Hipólito Gonçalves
  • Paula Natássia Sales de Souza Raiol
  • Leticia de Nazareth Almeida do Carmo Justo

Abstract

O presente estudo fala sobre o uso do estímulo cognitivo como recurso terapêutico ocupacional no tratamento do transtorno do espectro autista (TEA). O TEA é um considerado um transtorno do neurodesenvolvimento que afeta o desempenho ocupacional nas suas atividades diárias, desenvolvimento cognitivo e social. Esta pesquisa possui como objetivo realizar uma análise reflexiva da literatura nacional acerca da utilização do estímulo cognitivo como recurso terapêutico no tratamento do TEA. Para isso, realizou-se uma revisão bibliográfica em dois periódicos nacionais de Terapia Ocupacional, entre os anos de 2014 a 2018. Os resultados mostram escassez de publicação sobre o tema, porém foram encontrados artigos que tratam o uso da estimulação cognitiva de forma implícita, através da utilização de outros métodos de intervenção. E pontua a importância da publicação por parte dos profissionais de Terapia Ocupacional de estudos acerca da utilização do estímulo cognitivo como recurso terapêutico no tratamento do TEA, corroborando para melhor reconhecimento cientifico e embasamento em suas atuações.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2019-04-12
How to Cite
HIPÓLITO GONÇALVES, Waléria Cristina; SALES DE SOUZA RAIOL, Paula Natássia; ALMEIDA DO CARMO JUSTO, Leticia de Nazareth. A ESTIMULAÇÃO COGNTIVA COMO RECURSO TERAPÊUTICO OCUPACIONAL NO TRATAMENTO DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA. Journal of Specialist, [S.l.], v. 1, n. 4, apr. 2019. ISSN 2595-6256. Available at: <http://www.journalofspecialist.com.br/jos/index.php/jos/article/view/120>. Date accessed: 06 dec. 2020.